O SGPU até hoje

Nº de pneus ligeiros tratados:

Emissões evitadas (t CO2eq):

Consumo de energia evitado (GJ):

Sabia que a energia consumida na recauchutagem de um pneu usado é 2,5 vezes inferior à utilizada na produção de um pneu novo?

Sabia que o processo de reciclagem de pneus usados transforma-os em matérias-primas que se utilizam para pavimentar, por exemplo, parques infantis e campos desportivos, entre outras aplicações?

Sabia que os pneus usados podem ser utilizados como combustível alternativo nos fornos das cimenteiras, num processo que recupera parte da sua energia?

Sabia que se andar com menos 0,6 bar de pressão em relação ao recomendado o seu pneu pode durar metade do expectável?

Sabia que todos os pneus vendidos a partir de Novembro de 2012 irão estar rotulados com informação relativa à eficiência energética, nível de ruído e segurança de travagem?

Sabia que a utilização de pneus como alternativa aos combustíveis fósseis permite a redução de emissões de CO2 devido à combustão da biomassa constituinte do pneu (derivado da borracha natural)?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), os pneus recolhidos e valorizados pela Valorpneu davam para completar 2 voltas à Terra?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), a borracha natural reaproveitada na reciclagem de pneus usados evitou a sua extração em 4.000.000 de árvores?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), a energia gerada pela valorização dos pneus usados da Valorpneu dava para produzir o cimento necessário à construção de 11 estádios de futebol?

Você está em : entrada > Menu Lateral > Sobre a Valorpneu
Press Center

14º Encontro Anual da Valorpneu em Unhais da Serra

11 Nov 2016

Unhais da Serra, no distrito de Castelo Branco, foi o local escolhido para acolher o 14.º Encontro Anual da Rede Valorpneu, que decorreu nos dias 9 e 10 de novembro.

Como vem sendo habitual nestes Encontros, o primeiro dia foi de animação e descontração, onde os parceiros da entidade gestora puderam desfrutar de uma volta de codrive com o piloto João Lopes, atual campeão nacional de todo-o-terreno em Polaris RZR 1000, ou de uma visita ao Centro de Moagem do Fundão. De regresso ao hotel, os convidados usufruíram ainda do Centro Termo-lúdico Aquadome do H2otel, seguindo-se um jantar com animação na Quinta da Hera.

A sessão de trabalho, na manhã do dia seguinte, foi o ponto alto do Encontro. Para além do bom desempenho da Valorpneu durante o ano 2016, que continua a ser um case study ao nível da eficiência de recursos no domínio dos pneus usados e um exemplo a seguir por outras congéneres europeias, estiveram em cima da mesa alguns constrangimentos que urgem ser resolvidos e que estão neste momento “nas mãos da Secretaria de Estado do Ambiente”.

A falta de enquadramento legal estável e ajustado, condicionando a atividade da Valorpneu e criando alguma instabilidade nos operadores, a alteração da meta de recauchutagem desajustada com a realidade, a abstenção na implementação de políticas que incentivem a utilização de pneus recauchutados e de materiais reciclados de PU e o investimento em novas aplicações do granulado e pó de borracha foram os pontos prioritários discutidos nesta sessão e que fizeram parte do discurso de abertura de Hélder Pedro, gerente da Valorpneu e secretário geral da ACAP.

Climénia Silva, diretora geral da Valorpneu, para além dos pontos acima, falou ainda do trabalho desenvolvido ao longo deste ano pela entidade gestora e por todos aqueles que operam no Sistema Integrado de Pneus Usados, que contribuem, a nível económico, com a sua atividade direta e com as atividades indiretas e que induzem, com cerca de 78 milhões de euros para o Produto Interno Bruto (PIB) e evitam 45 milhões de importações liquidas e, a nível social, com 2 000 postos de trabalho, dos quais 970 diretos. Para além do aumento de produtores aderentes, que este ano cresceu 4% relativamente ao anterior, fixando-se nos 2050 produtores aderentes, a grande preocupação da Valorpneu é a fidelização destas entidades, “para isso existe uma interação contínua com todos os aderentes e um trabalho permanente na simplificação de todos os processos”, explica Climénia Silva.

Com o intuito de diversificar as aplicações de produtos inovadores derivados de pneus usados, a Valorpneu decidiu repensar o tradicional Prémio Inovação – Prémio Inov.Ação, com uma nova dinâmica e chegando mais perto das Empresas. Até ao final do ano será divulgado o Prémio Inov.Ação 2016 já com esta nova abordagem.

A sessão de trabalho foi enriquecida pela apresentação de Ana Cristina Carrola, diretora do departamento de Resíduos da APA, que falou sobre a importância da Economia circular no mundo globalizado.

Na sessão foi igualmente entregue o Prémio Desempenho de Ponto de Recolha 2016 à empresa Palmiresíduos, localizada em Alijó.

Nunca esquecendo a vertente de responsabilidade social e ambiental, todas as emissões geradas pela realização do 14.º Encontro da Rede Valorpneu serão compensadas através da associação da Valorpneu à Querqus na continuidade do projeto LIFE-Taxus.

O Encontro Anual da Rede, este ano organizado pelo Clube Escape Livre, foi uma vez mais, um espaço de partilha de experiências e de debate sobre as mais recentes evoluções do Sistema Integrado de Gestão de Pneus Usados. O evento reuniu todos os parceiros da Valorpneu, nomeadamente, operadores de ponto de recolha, transportadores, valorizadores e outras entidades que se relacionam com o sistema.


Galeria de fotos - ver aqui.




Downloads

 
contactos    -    links úteis    -    Newsletter
português    -    english
©2017 Valorpneu. Todos os direitos reservados.