O SGPU até hoje

Nº de pneus ligeiros tratados:

Emissões evitadas (t CO2eq):

Consumo de energia evitado (GJ):

Sabia que a energia consumida na recauchutagem de um pneu usado é 2,5 vezes inferior à utilizada na produção de um pneu novo?

Sabia que o processo de reciclagem de pneus usados transforma-os em matérias-primas que se utilizam para pavimentar, por exemplo, parques infantis e campos desportivos, entre outras aplicações?

Sabia que os pneus usados podem ser utilizados como combustível alternativo nos fornos das cimenteiras, num processo que recupera parte da sua energia?

Sabia que se andar com menos 0,6 bar de pressão em relação ao recomendado o seu pneu pode durar metade do expectável?

Sabia que todos os pneus vendidos a partir de Novembro de 2012 irão estar rotulados com informação relativa à eficiência energética, nível de ruído e segurança de travagem?

Sabia que a utilização de pneus como alternativa aos combustíveis fósseis permite a redução de emissões de CO2 devido à combustão da biomassa constituinte do pneu (derivado da borracha natural)?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), os pneus recolhidos e valorizados pela Valorpneu davam para completar 2 voltas à Terra?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), a borracha natural reaproveitada na reciclagem de pneus usados evitou a sua extração em 4.000.000 de árvores?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), a energia gerada pela valorização dos pneus usados da Valorpneu dava para produzir o cimento necessário à construção de 11 estádios de futebol?

Você está em : entrada > Menu Lateral
Pneus Usados na Europa

A Gestão de Pneus Usados na Europa

Como resultado da Diretiva Europeia 1999/31/EC, de 26 de Abril de 1999, é atualmente proibido depositar pneus usados em aterro. Esta diretiva orientadora obriga os Estados-Membros a concentrarem os seus esforços na responsabilidade ambiental e em recolher e tratar adequadamente os seus pneus usados.

Não existe nenhum regulamento europeu específico para recolher e tratar pneus usados. Cada Estado-Membro está livre de escolher o seu próprio sistema de gestão. Há assim 3 tipos de sistemas de gestão na Europa:

    - o sistema de responsabilidade do produtor (usado em Portugal),

    - o sistema de taxas,

    - o sistema de mercado livre.

É perfeitamente possível que os países mudem de um sistema de gestão para outro. Este é o caso, por exemplo, da Itália, que se está a preparar para mudar de um sistema de mercado livre para um sistema de responsabilidade de produtor.

Responsabilidade do Produtor

Neste sistema, o estado define a estrutura reguladora que irá enquadrar a gestão dos pneus em fim de vida e obriga os fabricantes de pneus novos a tomar a responsabilidade de os recolher e tratar adequadamente. Em cada país que opte por este sistema, os fabricantes criam um setor de atividade que se especializa nesta área, e que é representado por uma ou mais entidades gestoras. Atualmente, este é o sistema que apresenta os meios e os resultados mais eficientes para alcançar o objectivo de recolher e tratar 100% dos pneus usados gerados. No ato de compra de pneus novos existe um valor de contrapartida pago que serve para financiar esta atividade e que, dependendo do país, pode estar ou não visível na fatura. Em Portugal, esta contribuição deve ser visível na fatura quando se adquire um pneu novo.

Sistema de Taxas

Neste sistema, o estado determina um imposto que irá ser usado para financiar a recolha e tratamento dos pneus em fim de vida. Este imposto é cobrado aos fabricantes de pneus, e normalmente é passado ao cliente. O estado é assim responsável pelo processamento dos pneus e por remunerar os operadores que irão prestar este serviço.

Mercado Livre

Neste sistema, o estado estabelece os objetivos que devem ser atingidos em termos de recolha e tratamento dos pneus usados mas não designa nenhuns responsáveis diretos por essa gestão. Quem fica responsável por encaminhar corretamente os pneus usados é o detentor final dos mesmos. Os operadores de recolha e tratamento estão assim em competição uns com os outros e livres para cooperarem entre si na promoção de práticas de valorização a um custo optimizado.


 
contactos    -    links úteis    -    Newsletter
português    -    english
©2017 Valorpneu. Todos os direitos reservados.