O SGPU até hoje

Nº de pneus ligeiros tratados:

Emissões evitadas (t CO2eq):

Consumo de energia evitado (GJ):

Sabia que a energia consumida na recauchutagem de um pneu usado é 2,5 vezes inferior à utilizada na produção de um pneu novo?

Sabia que o processo de reciclagem de pneus usados transforma-os em matérias-primas que se utilizam para pavimentar, por exemplo, parques infantis e campos desportivos, entre outras aplicações?

Sabia que os pneus usados podem ser utilizados como combustível alternativo nos fornos das cimenteiras, num processo que recupera parte da sua energia?

Sabia que se andar com menos 0,6 bar de pressão em relação ao recomendado o seu pneu pode durar metade do expectável?

Sabia que todos os pneus vendidos a partir de Novembro de 2012 irão estar rotulados com informação relativa à eficiência energética, nível de ruído e segurança de travagem?

Sabia que a utilização de pneus como alternativa aos combustíveis fósseis permite a redução de emissões de CO2 devido à combustão da biomassa constituinte do pneu (derivado da borracha natural)?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), os pneus recolhidos e valorizados pela Valorpneu davam para completar 2 voltas à Terra?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), a borracha natural reaproveitada na reciclagem de pneus usados evitou a sua extração em 4.000.000 de árvores?

Sabia que em 10 anos (2003-2012), a energia gerada pela valorização dos pneus usados da Valorpneu dava para produzir o cimento necessário à construção de 11 estádios de futebol?

Você está em : entrada > Menu Lateral > Produtores e Recauchutadores > Porquê Aderir
Porquê Aderir

Recauchutadores

Os Recauchutadores são parte integrante do sistema SGPU desempenhando duas importantes funções: primeiro como entidades que valorizam pneus usados, contribuindo para o cumprimento da taxa de recauchutagem definida legalmente, e segundo como potenciais Produtores, ao poderem eventualmente importar carcaças para recauchutar, o que implica a introdução de pneus no mercado nacional.

A Valorpneu no âmbito da sua atividade deve estabelecer fluxos de informação com os diferentes operadores do SGPU, sendo que, de entre outros, deverá ter conhecimento da quantidade total de pneus usados efetivamente recauchutados no mercado nacional. Desta forma, a Valorpneu necessita da cooperação dos Recauchutadores que, mesmo não sendo Produtores, tal como definido na alínea d) do artigo 2º do Decreto-Lei nº 111/2001, exercem uma atividade que não pode naturalmente ser dissociada dos princípios de gestão dos pneus usados.

Desta forma, todos os Recauchutadores nacionais têm, no mínimo e no caso de não importarem carcaças, de efetuar um protocolo com a Valorpneu no sentido de declararem a sua quantidade de pneus recauchutados, garantindo assim a veracidade dos dados nacionais de recauchutagem.

Adicionalmente, os Recauchutadores que importarem carcaças para recauchutar são também considerados Produtores, segundo o estipulado no Decreto-Lei nº 111/2001, uma vez que estão a introduzir pneus em 2ª mão no mercado nacional, sendo que neste caso devem declará-lo à Valorpneu e pagar o Ecovalor respetivo.

Desta forma, no caso dos Recauchutadores que importem carcaças deve ser celebrado um contrato com a Valorpneu, que obriga estes a efetuarem declarações trimestrais e anuais com o número de pneus recauchutados (tabela de informação), com o número de carcaças para recauchutar introduzidas no mercado nacional (tabela de importação) e com o número de pneus recauchutados exportados (tabela de exportação). As declarações anuais só são válidas se certificadas pelo Técnico Oficial de Contas ou pelo Revisor Oficial de Contas.

No caso dos Recauchutadores que não importem carcaças, deve ser celebrado um protocolo com a Valorpneu, devendo estes efetuar unicamente declarações anuais com o número de pneus recauchutados (tabela de informação). Estas declarações anuais não necessitam de ser certificadas pelo Técnico Oficial de Contas ou pelo Revisor Oficial de Contas.

Com base nestas declarações, a Valorpneu calculará a taxa de recauchutagem nacional (mantendo confidencialidade sobre os dados individuais de cada empresa), e, quando se aplicar, faturará ou reembolsará trimestralmente o Ecovalor devido e anualmente o acerto referente ao total do ano.


 
contactos    -    links úteis    -    Newsletter
português    -    english
©2017 Valorpneu. Todos os direitos reservados.